• Rafael Sanson

Coworking e hubs de inovação para pequenos empreendedores



Espaços de coworking e hubs de inovação são espaços de negócios compartilhados entre profissionais de diferentes empresas e áreas de atuação. Entre os benefícios destes locais, destaca-se a capacidade de ampliar redes profissionais (networking), fomentando assim a prospecção de novos clientes e parceiros. Nesse sentido, os espaços compartilhados tornam-se especialmente atrativos para pequenas empresas e empreendedores individuais, para os quais a colaboração é essencial na busca pelo sucesso.


Há algumas diferenças entre coworking e hubs de inovação. As principais são: os hubs são mais voltados a startups, estão focados em soluções inovadoras e, por vezes, têm corporações como apoiadoras e realizam a conexão entre as grandes empresas e os novos negócios. Mas, de maneira geral, os dois conceitos surgiram para aumentar a colaboração no ecossistema de empreendedorismo e reduzir custos com escritórios tradicionais.


No Brasil, cresceu 25% o número de espaços de coworking entre 2018 e 2019, segundo o Censo Coworking Brasil. De acordo com os dados mais recentes do levantamento, havia, há dois anos, 1497 coworkings no Brasil, dos quais quase 45% se concentravam no Estado de São Paulo.


Segundo um levantamento global, não são as startups que dominam os espaços de coworking. Fundadores e funcionários de pequenas e médias empresas (PMEs) compõem 38% do público dos escritórios compartilhados. As startups aparecem em seguida (27%), na mesma faixa dos freelancers e empreendedores individuais (27%).


Benefícios do coworking

Pesquisas recentes são unânimes em apontar a colaboração como o motor que gera os benefícios de trabalhar em escritórios compartilhados. Um estudo realizado na Suécia, por exemplo, afirma que os coworkings afetam positivamente a criatividade dos profissionais. Isso não acontece por causa do espaço em si, mas pelo caráter multidisciplinar e diverso das pessoas que interagem “em um local de atmosfera aberta”. Em média, cada pessoa que frequenta um coworking aprende mais de cinco novas habilidades diferentes.


Um outro artigo, publicado pela Harvard Business Review, indica a questão do "significado" como um dos benefícios ao profissional que trabalha em espaços de coworking. Como não há competição interna, as pessoas podem “ser elas mesmas”. Além disso, ao interagir com gente de áreas diversas, o trabalho de cada um é tratado como “muito interessante”. Por último, a publicação afirma ainda que as habilidades específicas de cada um são valorizadas por conta dessa variedade de perfis.


Os dados confirmam estas análises. Um levantamento realizado pelo Small Business Labs revela que, entre profissionais que trabalham em espaços colaborativos:


79% disseram que o coworking expandiu suas redes pessoais;

83% relatam que estão menos solitários desde que ingressaram em um espaço de coworking;

89% relatam que estão mais felizes desde que ingressaram em um espaço de coworking;

82% dos entrevistados relatam que o coworking expandiu suas redes profissionais;

80% relatam que recorrem a outros membros de coworking para obter ajuda ou orientação;

64% disseram que sua rede de coworking era uma fonte importante de referências de trabalho e negócios.


Laura Gurgel, especialista em gestão de comunidades e fundadora do Soul Working, está alinhada às descobertas destas pesquisas. Em entrevista exclusiva ao Vida Loka Podcast, do Whow!, a empreendedora afirma que todo espaço de coworking ou hub de inovação precisa, necessariamente, “provocar interações e negócios”.


“Quando você tem um ambiente em que o empreendedor se sente bem e encorajado a conversar com outras pessoas, ele ganha mais dinheiro”, diz Laura Gurgel. “O pequeno empreendedor tem que ter contato com o que é um hub. Tem que saber que ele não precisa ser sozinho e que não precisa fazer tudo. Não é o Homem de Ferro. Relacionar-se com possíveis clientes, fornecedores e parceiros ajuda a criar uma comunidade”, finaliza a especialista.


Fonte: Whow


Quer saber mais e conversar sobre, chame a gente no whatsapp.



4 visualizações0 comentário