• Rafael Sanson

Intraempreendedorismo: a chave para o sucesso do seu negócio


O mercado de trabalho, assim como os negócios, vem sofrendo mudanças e precisam ser cada vez mais competitivos e inovadores. O acúmulo de responsabilidades dos gestores pode dificultar o surgimento de novas ideias, então uma boa saída pode ser estimular o intraempreendedorismo na empresa.

Não sabe o que é intraempreendedorismo e como ele pode ajudar sua empresa a ser mais inovadora, resolvendo soluções e entregando resultados de forma rápida e dinâmica?


O que é intraempreendedorismo

O intraempreendedorismo é uma característica buscada nos profissionais no mercado atual caracterizada pela habilidade de trazer novas ideias e inovações, tendo uma atitude proativa dentro da empresa. Em outras palavras, é a prática do empreendedorismo dentro da empresa em que você trabalha.

Colaboradores com perfil empreendedor acabam se destacando pela vontade de fazer mais do que é solicitado, mostram vontade de criar e não demonstram engajamento em atividades dominadas pela rotina.

Apesar de não ser regra, há algumas características em comum na maioria dos profissionais que prezam pelo intraempreendedorismo. São elas:

Análise estratégica: sempre pensam no futuro, sem aguardar mudanças e sim, se antecipando a elas;

Pensamento visual: conseguem visualizar as soluções em suas mentes e passá-las para colegas e gestores;

Pivotagem: possuem abertura para alterar a direção estratégica atual da empresa e propor novas soluções;

Autenticidade e integridade: os atributos de humildade e confiança estão muito presentes, assim como o senso de propósito e a autoconsciência.


Intraempreendedorismo como a chave para o sucesso do seu negócio

O intraempreendedor pode exercer um papel importante na sobrevivência da empresa, já que está sempre em busca de novos conceitos que podem ser aplicados tanto para produtos e serviços inéditos, quanto para a melhoria de processos existentes.

As mudanças no ambiente de negócios desencadeiam diversas outras transformações, como mudança no comportamento dos consumidores e mudanças nas empresas, produtos ou serviços.

A necessidade de agilidade de adaptação está cada vez mais latente. As novas relações de trabalho levaram ao profissional empreendedor, que não trabalha apenas para o emprego, mas empreende na sua carreira e busca o melhor para o seu crescimento pessoal.

Empresas que não procuram a inovação e a novas formas de produzir, atrair consumidores e vender, vão ficar para trás. E não adianta apenas mudar quando a necessidade bate à porta, o desafio é mudar mesmo quando tudo parece ir bem, e assim ganhar uma vantagem competitiva em relação aos concorrentes.


Como incentivar o intraempreendedorismo na sua empresa?

Agora que você entendeu o que é o intraempreendedorismo, as características de colaboradores empreendedores e como isso pode te ajudar a ter um negócio inovador e que preza pela transformação, está na hora de incentivar o intraempreendedorismo na sua empresa.

Não adianta querer que seus colaboradores tragam novas ideias e novos processos se não houver abertura dentro da empresa para isso. Por isso, é necessário:


Determinar uma cultura organizacional

A cultura organizacional reúne as diretrizes da empresa, que devem começar pela forma como os colaboradores vão enxergar o negócio e agir dentro dele. Criando uma cultura de compartilhamento de informações, ajuda mútua e trabalho em equipe, você vai estar dizendo aos seus colaboradores que todos devem trabalhar juntos e que todas as ideias são bem-vindas.


Dar suporte à mudança

Toda a empresa deve estar aberta para abraçar, testar e implementar essas novas mudanças. Pode ser que elas não sejam ideias para resolver um problema, ou que precisem de ajustes para se tornarem mais efetivas, mas não tem como saber se não forem testadas, então mantenha a mente aberta.


Estabelecer novas relações de trabalho

A velha máxima de que “quem pode manda e quem tem juízo obedece” já não funciona nos novos modelos de negócios. A cultura colaborativa é o segredo para fomentar o empreendedorismo e ter colaboradores que pensem fora da caixa.


Colocar a empresa como parceira do colaborador e seus desafios futuros

Nada é para sempre. É normal que funcionários não passem mais 10, 15, 20 anos dentro de uma única empresa. E as organizações que tiverem isso em mente, vão estar aptas a oferecer o melhor para seus colaboradores, absorver o melhor que eles podem oferecer e apoiá-los em seus desafios futuros.

Essas mudanças só podem beneficiar sua empresa. Criando um ambiente mais livre, em que colaboradores possam se expressar, criar e sugerir mudanças e inovações, seu negócio terá o que precisa para estar sempre atualizado.


Fonte: 55lab.

Quer saber mais e conversar sobre, chame a gente no whatsapp.

18 visualizações0 comentário