• Rafael Sanson

Tendências para ter sucesso na produção de vídeos

Kwai destaca pontos de atenção neste ano para melhorar o alcance dos vídeos de empresas e marcas na plataforma.


Após o intenso sucesso do TikTok, Kwai e Reels, do Instagram, já deu para perceber que a próxima tendência de conteúdo nas redes virá em forma de música e vídeos (curtos). E o triunfo dessas plataformas não vem sem motivos: em 30 segundos ou, no máximo, em um minuto, um conteúdo tem uma chance ainda maior de viralizar mundo afora — um processo que está revolucionando a maneira como as empresas se relacionam com o consumidor e vendem seus produtos e serviços.

Na atualidade, entender como essas plataformas funcionam e qual é a melhor maneira de gerar engajamento por meio do conteúdo se tornou algo que vai além do conteúdo relevante. Falamos aqui de uma maneira própria (e única!) de pensar a estratégia de social media, tudo em segundos para convencer o consumidor a conhecer e consumir a marca. Pensando em apresentar uma estratégia mais eficiente para acertar nos vídeos, o Kwai separou uma lista com oito tendências de vídeos para 2022 que podem ser o verdadeiro game changer do mercado. Confira:


Fonte: Kwai / Produção: Luiza Vilela

Live-commerce Populares na China, as vendas via transmissão ao vivo seguem em alta por aqui. Em 2021 o setor de social media já sentia o poder do live-commerce e tudo indica que em 2022 esse será um canal muito importante para as vendas — especialmente se vier aliado ao marketing de influência. Vale destacar que deixar os links próximos à tela é fundamental para garantir um sucesso maior de vendas, posto que todo o conceito de live-commerce gira em torno de assistir ao conteúdo e comprar com poucos cliques.

Conte uma história Para quem acompanha os vídeos curtos no Kwai sabe bem o quanto os “POVs” — vídeos elaborados com um ponto de vista de um usuário em uma situação hipotética — têm um alto poder de visualização e engajamento. E, embora o POV funcione bem para os usuários da plataforma e se assemelhe a um conteúdo de difícil usabilidade para os negócios, há um potencial para as marcas explorarem nesse nicho. O Kwai destaca que a criação de conteúdos que trabalhem uma história pode gerar um engajamento mais relevante. No caso de produtos, a história por trás da produção ou a maneira como aquele objeto foi pensado podem gerar bastante visualização.

Dê um rosto à marca Com toda essa tendência à avatarização, promovida sobretudo pela chegada do metaverso, criar uma face para ilustrar a marca pode ser uma boa ideia. O Kwai alerta para o trabalho de humanização dos negócios por meio de personagens, como a Natura, Magazine Luiza, Ponto Frio e Casas Bahia. Criar esse personagem não apenas garante uma forma mais humana de divulgar a marca, como também proporciona mais engajamento e relacionamento entre o consumidor e a marca. Importante lembrar que é necessário um bom desenvolvimento de animação para dar vida a esses avatares.

Posicionamento e SEO para vídeos Engana-se quem pensa que o SEO (Search Engine Optmization) só serve para promoção de materiais em texto. O mundo dos vídeos também pode ser favorecido (e muito!) por essas estratégias para que possa ter um bom posicionamento na timeline dos usuários certos. O Kwai indica ainda um investimento em anúncios e ferramentas que viabilizem ainda mais a prática do SEO para trazer mais visibilidade aos conteúdos publicados. Um dos pontos mais importantes é ficar atento ao gerador de hashtags.

Collabs e relacionamento com os usuários Se tem algo que gera visualizações são as famosas “trends”, criadas de usuários para usuários ou… de marcas para usuários. Lançar uma trend colaborativa, que envolva o consumidor a participar com um vídeo próprio, é uma maneira bem eficiente de gerar engajamento. Pode ser desde uma coreografia nova até um áudio criado pela empresa, um desafio, criação de filtros e hashtags. Vale destacar que inserir influenciadores para dar mais vazão a essas trends é uma ótima chamada para atingir mais público.

Conteúdo relevante ao vivo Para além do uso do live commerce, vale a pena também criar conteúdo relevante para a plataforma por meio de transmissões ao vivo. O Kwai indica webinars, live bloggings, palestras, entre outros. Uma das vantagens de criar conteúdo ao vivo também consiste em passar uma imagem mais institucional para o usuário — o que pode ser muito proveitoso para determinadas ações de marketing. Mais qualidade, menos quantidade Plataformas de vídeo esperam, é claro, uma frequência considerável de postagens. Entretanto, esse público tem um grande apreço pela qualidade do conteúdo assistido — a ver pelos vídeos que viralizam, normalmente mais produzidos tanto para roteiro quanto para estrutura. Assim, a plataforma recomenda vídeos mais criativos, produzidos e orgânicos. Um bom planejamento faz toda a diferença para os resultados de alcance do conteúdo.

Esteja atento às novidades Para acompanhar o ritmo do usuário é necessário estar atento aos vídeos e áudios que estão em alta na plataforma. Um ponto destacado pela Kwai é o uso de efeitos criativos e trilhas sonoras épicas para chamar a atenção da audiência, posto que 2022 deve ser importante para a exploração dos recursos visuais.


Fonte: consumidor Moderno

POR LUIZA VILELA

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo